Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2009

Alimentação no inverno

No inverno, o nosso corpo precisa de maior quantidade de calorias para manter a temperatura ideal e  aumentar a resistência orgânica. Percebe-se esta maior necessidade na vontade de comer alimentos mais quentes e no próprio aumento da ingestão alimentar, especialmente os mais gordurosos e calóricos.
Em função das baixas temperaturas, o organismo efectua um maior gasto de energia para a manutenção da temperatura corporal. Para compensar esse gasto energético aumenta-se a ingestão de calorias, em torno de 20 a 30% a mais do que nos dias quentes.
No entanto, devemos estar atentos aos perigos da alimentação nessa época. Algumas pessoas podem apresentar mais fome e comer mais do que precisam. Há indivíduo que chegam a ultrapassar cerca de 20 a 30 % de acréscimo calórico, exagerando na alimentação e abusando de refeições muito gordurosas, mais comuns neste período do ano. O resultado é um aumento de peso e, em casos mais sérios, problemas de saúde como taxa de colesterol elevado, disfunções n…

Brasil - Leis regulam atividade de nutricionistas e médicos

Para entender a prescrição dietética, cabe ao nutricionista o planejamento dietético, elaborado com base nas diretrizes estabelecidas no diagnóstico nutricional. É o profissional que estabelece a composição qualitativa, quantitativa, o fracionamento e a forma de apresentação das preparações nutricionais aos pacientes.
O profissional da área de nutrição tem o respaldo da Lei nº 8.234, de 17 de setembro de 1991, no qual o inciso VII do art. 3º menciona que ele pode solicitar os exames laboratoriais que julgar necessários à avaliação, prescrição e evolução nutricional do paciente.
Este trecho da legislação dispõe como atividade específica do nutricionista a assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando e avaliando dietas para enfermos. O inciso VIII do art 4º (Lei nº 8.234) ainda atribui ao profissional a competência para solicitar exames laboratoriais necessários para o acompanhamento dietoterápico.

“É importante …

Obesidade infantil - uma preocupação real

Não há dúvida de que um dos mais frustrantes sintomas da nossa vida moderna é a obesidade infantil. Os inquéritos indicam que pelo menos um terço das crianças está obesa. Estudos demonstram que até 75 por cento dessas crianças serão obesas na idade adulta. Além das limitações físicas causadas pela obesidade, existem perigos inerentes associados à obesidade.
Na escola primária, as crianças já sofrem de pressão arterial, de colesterol elevado, de diabetes tipo 2 e de doenças a nível das articulações.
Se a obesidade da criança não for controlada, a taxa de doenças cardíacas, de cancros e de acidentes vasculares na idade adulta aumentará de forma assustadora.
As causas do sobrepeso nas crianças incluem:

•Influência parental: os filhos de pais obesos têm mais predisposição para terem excesso de peso, por razões genéticas e devido à influência do ambiente familiar.

•Baixos níveis de actividades: a maioria das crianças brasileiras passa várias horas por dia frente ao ecrã da televisão ou d…

Oficinas de Nutrição LIGA PORTUGUESA CONTRA A SIDA - Dezembro 2009‏

Informa-se que a Liga Portuguesa Contra a Sida irá promover mais uma Oficina de Nutrição VIH/SIDA “Alimentação é Tratamento”, nos próximos dias 3 e 4 de Dezembro, dirigidas a:
- Pessoas infectadas;
- Pessoas afectadas (familiares, amigos,...);
- Técnicos;
- Outras pessoas interessadas/preocupadas.
Estes Cursos serão dinamizados pela Dra. Isabel Sá da Bandeira, Técnica Especialista em Dietética, e decorrem na sede da LPCS, em Lisboa, em horário pós-laboral (18H00 às 20H00), num total de 4 horas, distribuídas por dois dias úteis.
Em conformidade com o exposto, convida-se todos os interessados a participar nesta iniciativa e solicita-se a sua divulgação por todos os colaboradores, serviços e/ou locais que considere pertinentes, pelo que segue, em anexo, um cartaz com a respectiva informação.

Sílvia Rocha
Assistente Social
Centro de Atendimento e Apoio Integrado LPCS
Rua do Crucifixo n.º 40, 4ºesq.
1100-183 Lisboa
Tel: 21 322 55 77
Tel. e Fax: 21 347 93 76
Liga Portuguesa Contra a Sida

PEDIDO DE DIVULGAÇÃO - FEIRA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA DE SANTARÉM‏

Na sequência dos Encontros Comunitários de Agricultura Biológica realizados em 2008 e 2009, no âmbito do Projecto Solidariedade Cidadã (iniciativa Comunitária EQUAL), organizados pela ESES e pela ESAS, vai realizar-se a primeira edição da FEIRA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA DE SANTARÉM, na quarta-feira, dia 16 de Dezembro de 2009, das 11h às 17h, no Jardim da República, em Santarém. A ESES e a ESAS estão a organizar esta iniciativa com a Câmara Municipal de Santarém ( Dra. Lúcia Militão, Chefe de Divisão da Cultura, Desporto e Turismo; e Dr. Vítor Gaspar, Vereador da Cultura, Turismo, Acção Social e Património) no quadro do Projecto de Animação Social para Desenvolvimento da Agricultura Biológica em Santarém.


Maiores informações contactar: Ana da Silva (Coordenadora do Projecto na ESES )

Estudo da comparação de guias alimentares de diversos países

"Em um número maior de países em desenvolvimento a revisão de suas  próprias ilustrações de orientação alimentar tem vindo a aumentar. Para conceber os sistemas de orientação alimentar adequada para cada nação, muitos países têm realizado investigações aplicada sobre a sua população.
Este estudo foi realizado para introduzir a alimentação oficial nos guias de representações desenhado por vários países e para examinar as diferenças em suas recomendações através de uma comparação. As ilustrações do guia alimentar nacional da Austrália, Canadá, China, Alemanha, Coréia, México, Filipinas, Portugal, Porto Rico, Suécia, Reino Unido, e E.U. foram  revistos. A comparação incidiu essencialmente sobre os grupos de alimentos e as quantidades recomendadas para grupos de alimentos..."
É interessante sabermos como são os guias utilizados para a educação alimentar de outros grupos populacionais então, resolvi postar este estudo onde visualiza-se os guias alimentares de alguns país citado a…

Cartilha sobre Boas Práticas para os Serviços de Alimentação

Essa cartilha foi feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA para auxiliar os comerciantes e os manipuladores a preparar, armazenar e a vender os alimentos de forma adequada, higiênica e segura, com o objetivo de ofereceralimentos saudáveis aos consumidores. Tudo isso, por meio do cumprimento das regras da RDC nº 216/04, voltadas aos serviços de alimentação, como padarias, cantinas, lanchonetes, bufês, confeitarias, restaurantes, comissarias, cozinhas industriais e cozinhas institucionais. O trabalho do manipulador de alimentos é fundamental para garantir alimentos mais seguros e proteger a saúde dos consumidores. Pensando nisso, a Anvisa preparou essa cartilha com o objetivo de esclarecer sobre os cuidados durante a manipulação de alimentos. Baixe a cartilha aqui
Acesse o site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa e saiba mais a respeito de tema.

Reeducação alimentar

"Não tem erro... Mudar hábitos alimentares é o caminho mais correto para quem deseja perder peso e manter a paz com a balança"... Comer bem no pequeno-almoço/café da manhã.
Ele é a principal refeição do dia. Após o repouso do sono, o organismo precisa e mais energia e os alimentos são os combustíveis. Comendo bem logo cedo, você controla o apetite não só no almoço, mas ao longo de todo o dia (diminuindo os exageros nas refeições). Incluir proteínas no pequeno-almoço/café da manhã Café e pão com manteiga são uma delícia, mas não oferecem os nutrientes de que seu corpo precisa para ficar saciado. As proteínas (carnes, ovos, leite e derivados) precisam estar presentes nas suas refeições desde cedo. O ovo é a melhor fonte de proteína natural para o nosso organismo. Além da digestão fácil, o que dá disposição, o alimento apresenta alto valor biológico, ou seja, nosso organismo aproveita 94% dos nutrientes que o ovo traz..
Controle a hora do lanche da manhã 
Chegar à hora do almoço s…

Alimentos Orgâncios no Brasil - Discurssões e Polêmicas

Monsanto consegue vetar cartilha sobre orgânicos

Julho 29, 2009 – 5:24 am
Publicado em Planeta Terra, Vida

A cartilha “O Olho do Consumidor” foi produzida pelo Ministério da Agricultura com arte do Ziraldo, para divulgar a criação do Selo do SISORG (Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica).
A idéia é (ou era!) padronizar, identificar e valorizar os produtos orgânicos.
Infelizmente, a multinacional de sementes transgênicas Monsanto obteve uma liminar de mandado de segurança que impediu sua distribuição. O arquivo foi inclusive retirado do site do Ministério da Agricultura (o link está “vazio”).
Em desobediência civil e resistência pacífica à medida de força, estamos ajudando a distribuir eletronicamente a cartilha.
Se você concorda com esta idéia, continue a distribuição para seus amigos e conhecidos!
Acesse, baixe e divulgue a cartilha por aqui.
Leia mais

Acredito que, assim com eu, muitos desconhecem a existência deste material educativo, então divulguem.

Reflexões sobre o perfil do Nutricionista/Dietista em processos de qualidade

Nossa sociedade está passando por uma série de transformações que na área de nutrição estão sendo traduzidas para uma preocupação maior com a segurança e a qualidade dos alimentos que consumimos.  As indústrias de alimentos e de bebidas estão a dedicar grandes esforços para se adaptar ao novos desejos dos consumidores / clientes.
Este esforço tem ingresso na empresa com um aumento substancial na demanda. Hoje comemos mais vezes fora de casa e consumimos muito mais produtos industrializados. As adaptações nos diversos setores alimentares, (indústria de alimentos, restauração, etc.) têm sido feitas gradualmente.
É por isso que o nutricionista deve estar preparado para enfrentar novos desafios com uma educação geral que abrange todas essas mudanças que estão ocorrendo.
Conhecimento amplo, globalizado e atual, tornam-se indispensáveis para desenvolver as funções de nutricionista ... Artigo completo em espanhol aqui

Sabor e Arte

GASTRONOMIA MOLECULAR - NÃO É MAGIA, É CIÊNCIA
Porque se batem teimosamente as claras e não ficam em castelo? Porque é uma musse de chocolate mais cremosa do que outra? Porque azeda o vinho ou porque combina melhor com uns pratos do que com outros? Estas e outras questões do nosso quotidiano constituem motivo de estudo da Gastronomia Molecular, um ramo das ciências que trata dos alimentos. Cientistas aliam-se a Chefes de Cozinha e a parceria dá frutos preciosos para aperfeiçoar criações e para antever a reacção entre os alimentos. Os Chefes de Cozinha portugueses já estão a despertar para esta gastronomia do futuro.
Saiba mais aqui

Conselho de Nutricionistas lança selo de qualidade

Salvador-Bahia-Brasil (17/11/2009) - Para assegurar a presença de um profissional da área de nutrição, garantir sua responsabilidade técnica em empresas da área de alimentação e zelar pela saúde do trabalhador e pela pública de modo geral, o Conselho Regional de Nutricionistas (CRN-5) vai lançar nesta quinta-feira (19), no Hospital Português, o selo de presença profissional. Em Salvador, inicialmente, cerca de 400 estabelecimentos receberão o certificado, que trará a inscrição “Fique Tranqüilo! Esta empresa cuida da sua alimentação”.
Leia mais aqui

Livro de receitas para os mais novos

A 8 de Novembro comemorou-se o Dia Europeu da Alimentação e da Cozinha Saudáveis, criado com o objectivo de realçar a importância de uma alimentação saudável nas crianças, para que seja possível combater a obesidade infantil, cujo crescimento se tem verificado.
Para assinalar este dia, a APN lança um “Livro de Receitas para os mais Novos”, preparado de forma simples e explícita para que as crianças também os possam confeccionar com a ajuda dos adultos.
Download
Livro de Receitas para os mais novos

Índice Glicémico - o que é?

O índice glicémico (IG) (do original, glycemic index) é um parâmetro que tem sido desenvolvido ao longo dos últimos 30 anos, não tendo ainda chegado à sua versão final. Tem sido referido como recurso para auxiliar o controlo da glicémia pós-pandrial, quer em indivíduos sãos como em indivíduos com patologia diagnosticada, nomeadamente alteração do metabolismo glucídico... Leia mais

Livrinho de receitas culinárias para bebés acima de 06 meses

Fiz este ano um livrinho com diversas receitas saborosas, saudáveis e equilibradas para bebés acima de 06 meses. É uma compilação de várias receitas para ajudar a mamãe e o papai a fazerem uma alimentação variada e nutricionalmente corretas para seus bebés. Se tiver interesse adquira o documento aqui

Você conhece a GORDURA TRANS?

"O que são gorduras tran?
As gorduras trans são um tipo específico de gordura formada por um processo de hidrogenação natural ocorrido no rúmen de animais) ou industrial. Estão presentes principalmente nos alimentos industrializados. Os alimentos de origem animal como a carne e o leite possuem pequenas quantidades dessas gorduras..."


Leia mais em http://www.anvisa.gov.br/alimentos/gordura_trans.pdf

Publicações do Portal do Consumidor

Este Guia apresenta um conceito de segurança alimentar que ultrapassa os aspectos higio-sanitários e visa promover comportamentos alimentares saudáveis. Este objectivo deve envolver toda os elementos da comunidade escolar em especial os serviços de alimentação que não se devem limitar a assegurar apenas as necessidades nutricionais e energéticas... "


"Hoje já não se coloca o problema de procurar os alimentos mas de escolhê-los e gostar deles na sua diversidade. Conhecer os alimentos, o seu nome e apreciar o seu gosto, requer um processo de aprendizagem. O ser humano necessita de aprender a comer tal como aprende a andar ou a ler..."


"A alimentação, fonte de prazer e convívio, é essencial à vida. Quando nos alimentamos
damos ao nosso corpo substâncias de que ele precisa para nos manter vivos e saudáveis..."




"A relação da criança com os alimentos e com o seu corpo começa muito cedo, e é um processo que deve ser acompanhado e orientado, de modo a que os novos…

Papa crítica "especulação" nos alimentos

O Papa Bento XVI criticou hoje a “especulação” sobre o preço dos alimentos, criticando que sejam tratados como outro qualquer produto.
O Papa falava na cimeira da FAO, a organização das Nações Unidas para a alimentação e agricultura, que decorre hoje e amanhã em Roma.
“É preciso contestar o egoísmo que permite que a especulação penetre mesmo no mercado dos cereais, colocando a comida no mesmo plano que todas as outras mercadorias”, disse Bento XVI, dizendo ainda que é necessário “repensar os mecanismos de segurança alimentar”.
“É preciso uma consciência solidária que considere o direito à alimentação e o acesso à água como direitos universais de todos os seres humanos, sem distinções ou discriminações”, disse Bento XVI.
O discurso do Papa tocou o mesmo ponto que os cartazes dos manifestantes que protestavam contra o “uso de comida como meio de especulação” pelas empresas multinacionais, embora o discurso fosse diferente: “O sector privado usa a alimentação como um meio de especulação e nã…

"Manual para uma Alimentação Saudável em Jardins de Infância"

O papel dos jardins-de-infância nos hábitos alimentares das crianças e a prevenção através da alimentação.
A Direcção-Geral da Saúde disponibiliza o "Manual para uma Alimentação Saudável em Jardins de Infância". Destina-se aos educadores de infância e ao pessoal directamente envolvido na preparação e fornecimento de alimentação às crianças. Este manual contém informação básica sobre alimentação saudável da criança em idade pré-escolar, designadamente: Importância da educação alimentar e seus objectivos; Alimentação e nutrição; Grupos dos alimentos; Necessidades nutricionais da criança em idade pré-escolar; Distribuição das refeições; Regras de higiene na preparação das refeições.

 Pode consultar o  "Manual para uma Alimentação Saudável em Jardins de Infância"
 (Adobe Acrobat - 2.468 Kb).
Para saber mais consulte:
Direcção-Geral da Saúde - http://www.dgs.pt/

Fibras Naturais na Alimentação – Alcides Bontempo

A Fibra Natural é a parte comumente retirada das frutas, legumes, verduras e cereais como o trigo, o arroz e outros. No entanto, estudos têm demonstrado que uma alimentação com boa qualidade de Fibras pode ajudar a diminuir o colesterol do sangue, a evitar ou tratar hemorróidas e é o tratamento ideal para a diverticulite, doença comum da meia-idade.
Nutricionistas reexaminam já a importância das Fibras para incluí-las em maior quantidade no nosso dia-a-dia, pois estamos ingerindo menos fibras do que nossos ancestrais de cinquenta anos atrás. Coma mais Fibras para ter uma boa saúde. Crédito: Lucia Garcia



Fibras Naturais na Alimentação – Alcides Bontempo

Download

Guia alimentar para crianças menores de 2 anos – Ministério da Saúde

O Guia Alimentar , para crianças menores de 2 anos, é uma publicação do Ministério da Saúde e tem o objetivo de capacitar profissionais que atuam no campo da alimentação infantil. O conteúdo da Publicação é abrangente. Parte da compilação das evidências científicas mais atualizadas sobre o tema, passando pelos Dez Passos da Alimentação Saudável para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos e termina tratando da Pirâmide Alimentar. Guia alimentar para crianças menores de 2 anos – Ministério da Saúde Tamanho: 2,3mb Formato: pdf
Download

Manual de Nutrição para Profissionais de Saúde

O Manual são sete capítulos - cada um deles com uma versão para profissional e outra para público - que englobam os seguintes temas: Os Alimentos: Calorias, Macronutrientes e Micronutrientes; Alimentação e Hábitos Saudáveis; Determinando o Plano Alimentar; Plano Alimentar e Diabetes Mellitus Tipo 1; Plano Alimentar e Diabetes Mellitus Tipo 2; Plano Alimentar nas Complicações Metabólicas, Agudas e Crônicas do Diabetes: Hipoglicemia, Nefropatia, Dislipidemias; Plano Alimentar nas Situações Especiais: Escola, Trabalho, Festas, Restaurantes e Dias de Doença.

A obra tem como autoras as nutricionistas Anelena Soccal Seyffarth, Anita Sachs, Celeste Elvira Viggiano, Deise Regina Mendonça, Gisele Rossi Goveia, Luciana Bruno e Marlene Merino Alvarez. Entre as colaboradoras, estão: Ana Cristina Bracini de Aguiar, Clarissa Paia Bargas Uezima, Josefina Bressan Resende Monteiro, Juliane Costa Silva Zemdegs, Kariane Aroeira Krinas e Marisa Sacramento Gonçalves.
Leia mais aqui
Clique no link abaixo …

"Efeitos metabólicos das deficiências nutricionais"

"A Alimentação e a Nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e a proteção à Saúde, possibilitando a afirmação plena do potencial de crescimento e desenvolvimento humano com qualidade de Vida e Cidadania”. (Atributos consignados na Declaração Universal Dos Direitos Humanos)
Este texto de símposio, de minha autoria, descreve os efeitos metabólicos das deficiências nutricionais geradas pelas carências de vitaminas, minerais e energético-proteíca. Aborda síndrome clínica da Desnutrição sua etipatogenia, sintomas e sinais.
Para baixar o documento clique aqui

14 de Novembro - dia Mundial do Diabetes

A Diabetes está a aumentar na população mundial, atingindo mais de 240 milhões de pessoas no mundo inteiro. Em Portugal, estima-se que existam entre 400 a 500 mil pessoas com Diabetes.

A Diabetes é hoje uma das principais causas de morte em Portugal e está associada ao desenvolvimento de complicações como a neuropatia, a insuficiência renal, a perda de visão, doença macrovascular e amputações.

Educação e Prevenção da Diabetes é o tema lançado pela FederaçãoInternacional da Diabetes para o Dia Mundial da Diabetes, que se comemora a 14 de Novembro. Esta campanha, para o período 2009-2013, apela para a crescente necessidade de se compreender, educar e controlar a Diabetes.

Os posters da campanha sistematizam de forma fácil e ilustrativa os aspectos relacionados com a Diabetes, fornecendo informação prática à população. Encontram-se disponíveis no site oficial emhttp://www.worlddiabetesday.org/, disponíveis também em português (tradução a cargo da Associação Portuguesa de Dietistas).
L…

Etapas e Objetivos da alimentação infantil

Em 1980, a Academia Americana de Pediatria (USA), compilando estes conhecimentos, definiu as etapas da alimentação do recém-nascido e da primeira infância, designando os seguintes períodos:

a) O Período lácteo ( entre 4-6 meses) é caracterizado por ser o leite o único alimento, seja materno ou, na sua falta, o leite artificial de fórmula adaptada.
Neste período, o lactente é capaz de sucção e deglutição, mas ainda não desenvolveu a capacidade de digerir certas proteínas ou suportar cargas osmolares excessivas a nível renal;

b) No período de transição ou diversificação progressiva, do 4º ao 6º mês em diante, vão-se introduzindo com prudência alimentos não lácteos, preparados de forma adequada, em consistência e quantidade, para não alterar o ritmo de maturação digestiva e renal, e o progressivo desenvolvimento neuromuscular, o que permitirá ao “bebé” conhecer os alimentos, mastigar e distinguir sabores, assim como o aroma/cheiro e cor dos mesmos.
Este período deve favorecer o desenvolvi…

A despedida do biberão

Entre as 30 e as 34 semanas de gestação, o bebé desenvolve a capacidade de mamar. Ao nascimento, o recém nascido é impelido, por reflexo, para a fonte de alimento, mãe.

O reflexo da deglutição possibilita a passagem de líquido da parte posterior da boca (orofaringe posterior) para o esófago e os movimentos peristálticos deslocam o alimento ao longo do tubo digestivo.

Os recém-nascidos de termo, absorvem mais de 90% de algumas gorduras. Os enzimas proteoliticos são suficientes para a digestão e absorção. A função renal está imatura e os alimentos ricos em proteínas ou com elevado teor de electrólitos, provocam sobrecarga osmótica, com prejudicial excreção aumentada de água (ex: leite de vaca).

O reflexo de repulsão/vómito presente entre os 2 a 3 primeiros meses de vida, remove os alimentos da parte anterior da boca para fora, talvez como mecanismo protector, pelo que comer sólidos ou beber líquidos por colher é difícil. A amilase salivar que é baixa ao nascer, aos 3 meses atinge o ní…

A descoberta dos sabores*

Você sabia que pode educar o paladar de seu bebé?

Isso não é complicado, acredite. Basta que dê a ele a chance de aprender a apreciar, um a um, os diversos ingredientes de sua alimentação, para que, no futuro, ele faça suas escolhas e defina as próprias preferências.

Durante a fase de crescimento, o organismo da criança que está se desenvolvendo necessita de uma boa alimentação, dedicação, muito afeto e estímulo constante.
A alimentação, essencial para qualquer ser humano, tem duas funções básicas:

• A física, que fornece nutrientes ao organismo, indispensáveis para o crescimento e a boa saúde;

• A emocional, associada ao convívio social e que proporciona uma sensação de prazer após a refeição.

Até os seis meses o bebê conhece basicamente o sabor do leite com que está sendo amamentado. Eventualmente já conhece o sabor de algumas frutas.

A partir da introdução dos sucos e da primeira papinha, inicia-se o processo do desenvolvimento do seu paladar, que vai prevalecer pelo resto da v…

Nutrição de Qualidade: Soluções Inovadoras

Ajudo a divulgar o Desafio Global ‘Nutrição de Qualidade: Soluções Inovadoras’, uma realização do Changemakers da Ashoka em parceria com a GAIN (The Global Alliance for Improved Nutrition).
Tem o objetivo de buscar iniciativas inovadoras e empreendedoras que possam garantir a nutrição a todos, bem como ideias e projetos que facilitem o acesso às informações e convençam a população da importância de uma boa nutrição.
Você pode apresentar soluções que:
· Aumentem o acesso à boa nutrição às populações de baixa renda;
· Proporcionem educação inovadora em nutrição e conscientização do consumidor;
· Aproveitem melhor os recursos escassos, contornando obstáculos à distribuição;
· Desenvolvam produtos e suplementos fortificantes;
· Monitorem recursos e avaliem a eficácia de uma boa nutrição.
COMO PARTICIPAR:
- Inscreva-se - Preencha a ficha de inscrição aqui e apresente sua iniciativa.
- Indique um projeto ou ideia inovadora aqui.
- Divulgue esta oportunidade para suas redes de contatos.
Você pode se i…

O Aparelho Digestivo e a Digestão

O Aparelho digestivo ou sistema digestório, como recomenda a nova nomenclatura, é composto de uma série de órgãos tubulares interligados formando um único tubo que se estende desde a boca até o ânus. Recobrindo este tubo há um tipo de "pele" chamado de mucosa. Na cavidade oral (boca) , estômago e intestino delgado a mucosa contém pequenas glândulas que produzem líquidos específicos utilizados na digestão dos alimentos.
Há dois órgãos digestivos sólidos , o fígado e o pâncreas, que também produzem líquidos utilizados na digestão , estes líquidos chegam ao intestino delgado através de pequenos tubos. Outros sistemas apresentam um importante papel no funcionamento do aparelho digestivo como o sistema nervoso e sistema circulatório (sangüíneo).
Porque a Digestão é Importante?
Os alimentos como são ingeridos não estão no formato que o corpo possa aproveitá-los. Devem ser transformados em pequenas moléculas de nutrientes antes de serem absorvidos no sangue e levados às células para s…

Retomando o caminho da nutrição...

Depois de um longo período de jejum no meu blog de nutrição, resolvi reativa-lo e por os meus conhecimentos como nutricionista ao dispor de todos quantos queiram e precisam  das informações e conteúdos que neste espaço irei postando.
Neste tempo de silêncio, descobri e desenvolvi outros talentos na área da criatividade manual e criei um outro espaço virtual para divulgá-los (http://www.malasebolsas.pt.vu/). Obtive, também, a minha equivalência em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, e, agora estou apta para exercer a minha profissão aqui em Portugal.
Enquanto a oportunidade de emprego não chega dedico-me a aperfeiçoar-me naquilo que tenho feito e espero poder colaborar para a melhor qualidade de vida daqueles que visitam-me através dos meus blogs.
Retomar o caminho, muitas vezes é mais complicado do que inicia-lo, mas vamos a isso...