Avançar para o conteúdo principal

Etapas e Objetivos da alimentação infantil

Em 1980, a Academia Americana de Pediatria (USA), compilando estes conhecimentos, definiu as etapas da alimentação do recém-nascido e da primeira infância, designando os seguintes períodos:

a) O Período lácteo ( entre 4-6 meses) é caracterizado por ser o leite o único alimento, seja materno ou, na sua falta, o leite artificial de fórmula adaptada.
Neste período, o lactente é capaz de sucção e deglutição, mas ainda não desenvolveu a capacidade de digerir certas proteínas ou suportar cargas osmolares excessivas a nível renal;

b) No período de transição ou diversificação progressiva, do 4º ao 6º mês em diante, vão-se introduzindo com prudência alimentos não lácteos, preparados de forma adequada, em consistência e quantidade, para não alterar o ritmo de maturação digestiva e renal, e o progressivo desenvolvimento neuromuscular, o que permitirá ao “bebé” conhecer os alimentos, mastigar e distinguir sabores, assim como o aroma/cheiro e cor dos mesmos.
Este período deve favorecer o desenvolvimento dos sentidos ao efectuar-se a ampliação alimentar, passando da sucção à colher, o que permitirá saborear melhor e mudar a textura, passando de líquido a triturado e, posteriormente, quando já tiver dentes, esmagados ou cortados em pedacinhos pequenos; Desta forma, por volta dos 18 meses a criança é capaz de conhecer os alimentos básicos e os sabores fundamentais: doce, salgado, ácido e amargo.

c) Período de maturação digestiva, durante o qual todos os mecanismos fisiológicos e imunitários vão amadurecendo, até alcançarem níveis cada vez mais eficazes, que permitam chegar a uma diversificação completa da alimentação.

Objetivo da nutrição infantil:

Cobrir as necessidades metabólicas basais;

• Assegurar a energia e nutrimentos que o processo de crescimento exige ;

• Evitar tanto as carências como os excessos

Comentários

  1. Hum! Ótimo post!
    Muitos pais erram ao alimentar seus filhos com alimentos que não sejam o leite antes do 4º mês de vida.
    Oriento sempre que os alimentos, a partir do 4º mês (se o bebê não é mais alimentado no peito) ou 6º mês (no aleitamento materno exclusivo), se inicie o suco de frutas, depois a papa de frutas e, posteriomente, a papa salgada sempre amassados com o garfo e nunca liquidificados ou triturados, exceto os sucos, claro!
    O bebê deve sentir os pedacinhos amassadinhos para estimular a mastigação e a descoberta de novos sabores.

    Beijos.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário