Avançar para o conteúdo principal

Saúde Pública: um paradigma crescente

Saúde Pública:

"A moderna Saúde Pública emergiu como uma acção social para controlar as doenças transmissíveis durante a Revolução Industrial. No início do século XIX, as pessoas acumulavam-se nos subúrbios urbanos, à volta dos complexos industriais. A subnutrição, a sobrepopulação, a falta de higiene e trabalho excessivo que caracterizavam a vida dos primeiros trabalhadores industriais e das suas famílias, induziam à ocorrência de doenças.
O relatório de CHADWICK em 1850 realizado em Inglaterra (que concluiu que “…quanto mais pobre mais doente, quanto mais doente mais pobre.”) e de SHATTUCK realizado nos EUA, fizeram desenvolver uma reforma social e sanitária que constituiu a Saúde Pública de então.
Os avanços científicos, principalmente ao nível da microbiologia, na última fase do século XIX e início do século XX, criaram uma nova dimensão no campo da Saúde Pública. O potencial da acção organizada contra as doenças transmissíveis em conjunto com o aumento de conhecimentos conduziu à formação de Departamentos Governamentais de Saúde Pública. Estes departamentos tiveram não só uma acção activa no controlo das doenças transmissíveis, mas também na saúde da mulher e da criança, sedimentando desta forma o caminho para outros sucessos no campo da saúde.
Entretanto, um novo e vasto conjunto de problemas surgiu e a Saúde Pública não se adaptou rapidamente a este desafio, tendo de continuar a lidar com os problemas e desafios ainda existentes." ...

Apontamentos de Saúde Pública
Leia mais

Comentários