Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2010

Amido resistente pode diminuir o consumo alimentar

A adição de amido resistente nas refeições de pequeno-almoço e almoço pode reduzir a quantidade de calorias consumidas em 10%, sugere um novo estudo. Os investigadores da Universidade de Surrey e Imperial College London revelaram, também, que o consumo de 48g de amido resistente pode também diminuir a resposta insulínica pós-prandial.
“O amido resistente parece ter influência na fome e consumo alimentar durante várias horas, coincidindo com a sua fermentação no intestino grosso. O principal efeito ocorreu ao jantar e no dia após a saída dos participantes do ambiente controlado (…) O amido resistente não actua como outras fibras e gomas viscosas, que podem retardar o esvaziamento gástrico ou atrasar a absorção de glucose durante algumas horas. O seu efeito ocorre durante um longo período de tempo, podendo ter implicações benéficas no controlo do peso e, portencialmente, na perda de peso”, explicaram os investigadores.
Os amidos podem ser divididos em 3 grupos: rapidamente digeríveis (em…

Informações sobre a Internet de interesse para nutricionistas-dietistas

A  Revista da Associação Espanhola de Dietistas-Nutricionistas publicou um artigo a cerca de como os nutricionistas-dietistas podem encontrar informações on-line fidedignas.  É em espanhol, mas compreende-se bem.

Vale a pena dá uma olhada.
Artigo em pdf

Manual Obesidade

Elaborado pelo Ministério da Saúde do Brasil, este manual foi embasado em fontes científicas e traz todas as informações sobre a obesidade: epidemiologia, conceito, diagnóstico, fatores de risco, tratamento, prevenção, acompanhamento nutricional e o papel de cada profissional da saúde, em especial do nutricionista, na prevenção e tratamento da obesidade.
Download  manual em pdf

Apostila Capacitação de Merendeiras

Este manual elaborado pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás-Brasil traz todas as informações necessárias sobre as merendas escolares, sua elaboração, composição nutricional, controle higiênico, riscos para doenças crônicas em crianças e adolescentes, entre outros.
Um bom material para os profissionais que ministram treinamentos dos manipuladores de alimentos  na área escolar.

Baixe o manual em pdf aqui

Declaração informativa actualizada acerca do sal e redução do seu consumo

O IFST Britânico, Institute of Food Science & Technology, publicou recentemente uma declaração informativa actualizada acerca do sal e redução do seu consumo – um dos assuntos mais populares na indústria alimentar neste momento. A publicação confirma que o crescente consenso científico de que a redução do consumo de sal (sódio) constitui uma medida saudável para muitas pessoas, dado que essa redução pode ser alcançada sem pôr em causa assuntos de segurança. Para além do impacto óbvio no sabor, o sal desempenha uma vasta gama de outras funções. Em produtos cárneos processados, por exemplo, o sal está implicado na activação de proteínas para aumentar a actividade de captação de água, melhora as propriedades de textura das proteínas, auxilia na formação de massas estáveis com a gordura e prolonga a vida de prateleira devido aos seus efeitos anti-microbacterianos. “Se a redução do sal for atingida sem comprometer a segurança microbiológica, nenhum segmento da população será prejudicado…

Livro: Avaliação de Políticas de Segurança Alimentar e de Nutrição no estado da Bahia-Brasil

Em minhas pesquisas pela internet encontrei o livro "Avaliação de Políticas de Segurança Alimentar e de Nutrição no estado da Bahia".  Connheço, pessoalmente, algumas das autoras deste excelente trabalho acadêmico. Resolvi postá-lo, pois acredito ser uma importante fonte de pesquisa para os estudantes e profissionais da área de Nutrição/Saúde, bem como para todos aqueles que desejam conhecer mais sobre a política alimentar do Brasil.
 Vale a pena lê.
Download em pdf

Ainda em relação a rotulagem dos alimentos...

Rótulos indicam valor dos alimentos em diversos países As informações sobre os alimentos apresentadas nos rótulos têm sido mais um fator de segurança na hora de comprar os alimentos e incluí-los em dietas. No dia-a-dia o consumidor obtém informações sobre os alimentos das mais variadas fontes - conhecimento familiar, mídia e publicidade, educação e outros que o induzem a escolhas e, como sugerem pesquisas feitas em vários países, muitos consumidores gostam das informações nutricionais e acham que elas são importantes ao fazer escolhas alimentares. Por isso, o mais importante é que as alegações nutricionais e de saúde expressas nos rótulos têm o compromisso de não induzir o consumidor ao erro. Em recente relatório publicado pelo Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação/ Organização Mundial da Saúde (FAO/OMS) sobre dieta, nutrição e prevenção de doenças crônicas há indícios de que a informação nutricional pode facilitar a escolha e o acesso adequado a alimentos ricos em nu…

Calorias que vêm nos rótulos dos alimentos podem ser falsas

Particularmente, acredito que "possa ou não" existir um desvio para mais ou para menos nos cálculos calóricos dos diversos produtos alimentares,  pois estes envolvem muitos fatores: peso, forma de preparo, fonte dos nutrientes e outros itens. Entretanto não se pode generalizar e confirmar que todos os rótulos contenham informações "totalmente falsas" pois ainda não existe uma forma precisa,  padronizada para avaliar esses calcúlos de calorias das rotulagens dos alimentos.  Para a afirmação contida no título da reportagem, acho que  é preciso maiores estudos e confirmações científicas.   O  importante para o consumidor é estar atento as diversas informações e procurar tirar as suas dúvidas com um especialisata em Nutrição/Saúde. Segue estudo:
"Nutricionistas alertam: calorias que vêm nos rótulos são falsas Cadeias de fast-food servem, em média, mais 18% das calorias do que dizem ter, revela estudo É apenas uma amostra, mas pode ser reveladora. Nos Estados Unidos, um…

Pessoas anorécticas têm grandes taxas de gordura nos ossos

Gordura acumulada nos ossos pode ser uma forma de armazenar energia Por mais que pareça um paradoxo, pessoas com anorexia nervosa têm altos níveis de gordura na medula óssea. Esta conclusão, constatada por investigadores do Children's Hospital, em Boston, resultou da análise de ressonâncias magnéticas dos joelhos de 40 raparigas com a idade média de 16 anos, sendo que metade do grupo tinha anorexia nervosa e as outras 20 eram saudáveis. “É um contra-senso que uma mulher jovem e magra com quase nenhuma gordura subcutânea seja capaz de armazenar gordura na sua medula óssea”, referiu Catherine Gordon, investigadora principal deste estudo publicado no “Journal of Bone and Mineral Research”. As imagens das ressonâncias magnéticas foram analisadas por radiologistas que desconheciam o quadro clínico das jovens que colaboraram neste estudo. E o verificado foi que, comparativamente com o grupo de controlo composto pelas raparigas saudáveis, as jovens que sofriam de anorexia apresentavam um m…

Brasil: Estado agora é responsável pela alimentação da população

O Congresso Nacional promulgou, em 4 de fevereiro, a Emenda Constitucional 64, que inclui o acesso à alimentação como um dos direitos sociais previstos no artigo 6º da Constituição. A Emenda tem origem na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 47 do Senado, de 2003, de autoria do senador Antonio Carlos Valarades, de Sergipe. Até então, o texto constitucional previa como direitos sociais somente a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância e a assistência aos desamparados. Aprovada no início do mês, esta PEC atende a tratados internacionais aderidos pelo Brasil no intuito de garantir que as ações de combate à fome e à miséria se tornem políticas de Estado, não sendo sujeitas a mudanças administrativas. A inclusão do direito também pode ser uma ferramenta importante para garantir a manutenção ou criação de políticas de apoio à população mais carente, bem como de políticas de combate à miséria. A partir de ago…

Leite reduz risco de Síndrome Metabólica

Diante de tantas controvérsias sobre a utilização do leite na alimentação, onde o produto é muitas vezes visto como vilão e causador de vários males ao organismo humano, surge mais um estudo para aumentar as discurssões a cerca dos seus benefícios e malefícios na nossa nutrição e saúde. Eu, particularmente sou adepta da utilização do leite, salvo se o indivíduo sofrer de alguma intolerância ou alergia a sua proteína, ou alguma patologia onde o consumo do leite possa agravar os sintomas da doença. Deve-se ter, também, em conta os hábitos alimentares de cada um, pois a utilização dos alimentos na dieta tem grande vínculo com o fator cultural de um povo. Segue trecho do artigo sobre o  estudo publicado no "Journal of Epidemiology and Community Health". "Um copo de leite por dia pode ajudar a reduzir o risco de Diabetes e Doenças Cardiovasculares, ao reduzir o risco de Síndrome Metabólica, revela um estudo da Universidade de Cardiff, no País de Gales, publicado no "Jour…

Feira de Agricultura Biológica de Santarém

A FEIRA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA DE SANTARÉM vai passar a realizar-se no  Jardim de República todas as quartas quartas-feiras de cada mês, das 10h  às 15h (horário de Inverno). A próxima edição será no dia 24 de Fevereiro de 2010. Maiores informações contactar: Ana da Silva (Coordenadora do Projecto na ESES):  rita.l.gomes@gmail.com

Alimentação no Carnaval

Estou de volta das férias e ainda a organizar as coisas, desfazendo malas, readptando-me ao clima frio, pois venho de uma sítio de muito calor nesta altura do ano. Com o Carnaval a chegar, escolho para reabrir as minhas postagens no blog o tema:  Alimentação no Carnaval, com o texto que segue. "Alimente-se bem nos dias de folia" Geralmente as pessoas nem lembram dos cuidados com a alimentação durante o Carnaval. Mas alguns preparos saudáveis e práticos podem evitar que os efeitos das bebidas, comidas, alto gasto energético, longa exposição ao sol, poucas horas de sono agridam de forma exagerada o organismo. Nessas situações de grande estresse físico o sistema imunológico fica debilitado, abrindo caminho para contrair doenças e infecções Para aproveitar o máximo dessa festa e garantir a manutenção da saúde,  existem algumas dicas que devem ser seguidas:
Preparação para o Carnaval • A hidratação é fundamental para garantir disposição nesta época. Inicie a hidratação com anteced…