Avançar para o conteúdo principal

O Amigo do Coração: Ômega 3

Uma alimentação balanceada é de fundamental importância na prevenção e no tratamento de doenças. Por isso, existem várias pesquisas mostrando os efeitos benéficos que os alimentos trazem para o ser humano.
O ômega 3 é um tipo de gordura muito benéfica para o coração, cujos benefícios vem sendo pesquisados desde a década de 70, e hoje já são fatos consolidados. Ômega 3 é um tipo de gordura encontrada em peixes de águas profundas e frias (salmão, atum, arenque, bacalhau, cavalinha, sardinha, truta etc.), e em menores concentrações na nozes, castanha e nos óleos vegetais (azeite, soja) .
Para quem não gosta ou não inclui os peixes ou os óleos de peixe no cardápio, as sementes de linhaça e o óleo de linhaça são as melhores alternativas como fonte de Ômega-3.
Essa gordura não é produzida pelo organismo humano portanto, deve ser fornecida através da alimentação.
O ômega3 é reconhecido como sendo um nutriente cardioprotetor. Os efeitos cardioprotetores do ômega-3 parecem dever-se, principalmente, a uma combinação de resultados nos seguintes parâmetros de risco à saúde cardiovascular: diminuição do colesterol e triglicerides no sangue; prevenção de batimento cardíaco irregular (antiarritmia); diminuição da pressão sanguínea; redução da agregação plaquetária e aumento da fluidez do sangue
Estudos mostram  ainda que o consumo regular de Omega-3 está ligado aos seguintes benefícios: boa concentração; boa memória; motivação; boas habilidades motoras; boa velocidade de reação e a neutralização do stress.
Curiosidade:
Os cientistas observaram uma incidência curiosamente baixa de doenças cardiovasculares entre os esquimós da Groenlândia, apesar de sua alimentação conter alto teor de gordura. O motivo? Sua alimentação consistia em peixes ricos em ácidos graxos ômega-3. Este foi o ponto de partida para maiores estudos sobre a importância do omega-3 para a saúde humana
Leia mais em Nutriweb