Avançar para o conteúdo principal

Fitoquímicos

Comer para se manter saudável talvez não seja tão fácil quanto parece...
De fato, um estudo científico mostra que pessoas que vivem em países industrializados comumente falham ao obter o mínimo de micronutrientes (vitaminas e minerais) recomendado por dia. Em vez disso, abusam de refeições altamente calóricas e de uma infinita variedade de comidas.
No entanto, mais preocupante ainda é o caso da alimentação de subsistência presente em vários países em desenvolvimento, que falha quanto ao fornecimento de macronutrientes adequados (carboidratos, gorduras e proteínas) e também de micronutrientes necessários para uma nutrição equilibrada.
Além dos macronutrientes, as vitaminas e os minerais essencias à saúde humana, compostos naturais encontrados em plantas (fitoquímicos) recebem cada vez mais atenção de pesquisadores, cientistas, indústrias de alimentos e profissionais da nutrição/saúde.
Os fitoquímicos (do grego, fito = planta) não são iguais às vitaminas e aos minerais. Alguns fitoquímicos, como a dedaleira (extraída da erva-dedal) e a quinina, têm sido usados por centenas de anos como remédio no tratamento de algumas doenças. Apresentam, ainda, outras funções, como a de antioxidante, por exemplo, protegendo as células dos efeitos da oxidação e dos radicais livres. Os fitoquímicos foram reconhecidos como poderosos agentes, que podem oferecer defesa contra doenças e outras condições, de alguns tipos de cancro/câncer e do processo de envelhecimento.
Sabemos há muito tempo que a escolha certa dos alimentos pode melhorar a saúde e diminuir os riscos de certas doenças. No caso dos vegetais, a afirmação se torna ainda mais verdadeira. O mais importante é saber utilizar estes alimentos ricos em elementos que intensificam a saúde, para que tragam maiores benefícios ao nosso corpo.
Fitoquimicos
Família
Maiores fontes de alimento
Sulfeto de alilo
Cebola, alho, alho-poró e cebolinha
Indol
Vegetais crucíferos (brócolis, couve, couve-flor e repolho)
Isoflavinas
Produtos de soja (tofú e leite de soja)
Ácido Fenólico
Tomate, frutas cítricas, cenouras, grãos integrais e amêndoas
Polifenóis
Chá verde, uva e vinho tinto
Saponinas
Feijão e legumes
Terpenos
Cereja e casca de frutas cítricas

Comentários