Avançar para o conteúdo principal

FLATULÊNCIA

"A flatulência é uma acumulação de gases no intestino que se forma quando o organismo utiliza os alimentos para obtenção de energia. Provoca espasmos dolorosos e distensão abdominal. Os gases intestinais são constituídos por várias substâncias, algumas das quais são responsáveis pelo seu (mau) odor. O tipo de odor varia fundamentalmente com o tipo de alimentos ingeridos, sendo maior se for produzido a partir da carne ou ovos e menor quando deriva da ingestão de frutos ou legumes. Mas além do gás produzido pelas bactérias que constituem a flora intestinal, também pode surgir quando se engole demasiado ar ao comer ou quando se ingerem bebidas gaseificadas, por exemplo. Daí, as pessoas ansiosas que comem demasiado depressa ou que consomem esse tipo de bebidas poderem ser mais propensas a esta indisposição. É uma situação comum em quase toda a gente, embora certas pessoas possam sofrer muito mais com isso do que outras..."*
Recomendações e Orientações**
Utilizar
- Iogurte feito com bacilos vivos.
- Chás de hortelã e/ou de sementes de erva-doce - 1 chávena/xícara após as refeições ajuda a melhorar a digestão e a reduzir a flatulência.
Evitar
- Leite e seus derivados, no caso de intolerância à lactose (açúcar do leite).
- Bebidas gaseificadas, cervejas, sumos/sucos industrializados, vinho tinto,
- A utilização de canudos para a ingestão de líquidos.
- Laxativos à base de farelo e fibras.
- Doses altas de vitamina C.
- Goma de mascar.
- Alimentos com alto teor de gordura
- Alimentos muito condimentados.
Ingerir com moderação
- Feijões e outras leguminosas (lentilhas, soja, ervilhas, grão de bico), cebola, brócolos, couve-flor, pepino, alho-francês, mostarda, nado, favas, pimentão, rabanete, repolho (reduz-se a produção de gás proporcionada por esses alimentos, acrescentando-se especiarias como alecrim, e sementes de erva-doce durante o cozimento).
Obs.: A soja, o feijão roxo, as lentilhas e ervilhas secas podem provocar a flatulência com cheiro desagradável.
- Adoçantes à base de frutas, como o sorbitol e a frutose.
-  Frutas: abacate, maçãs, melancia, melão, goiaba, ameixa, pêssego, banana
- Frutos secos: nozes, castanha, amendoim, avelãs.
Outras orientações:
-  Alimentar-se em pequenas quantidades.
-  Mastigar com a boca fechada e bem lentamente os alimentos.
- Não beber líquido muito depressa.
- Realizar exercícios físicos: a ioga, particularmente a posição em que o joelho encosta-se ao peito, é conhecida por proporcionar alívio aos sintomas do excesso de gases.
Fontes:* educare.pt
**Drª Silvelita Metelo-Nutricionista
Obs.: Recomendações e orientações gerais. Para um plano alimentar personalizado procure um especialista em Nutrição.

Comentários