Avançar para o conteúdo principal

O Nutricionista na Merenda Escolar

Recentemente, tive a alegria de encontrar-me com Núbia Cruz, uma amiga Nutricionista, baiana e colega de estudos que veio em missão à Cabo Verde pela FAO/FNDE/PNAE*. Como o voo fez escala em Lisboa-Portugal, aproveitamos para estarmos um tempinho juntas. Foi um momento inesperado e único em nossas vidas! Tivemos tempo para um rápido tour por Lisboa e para almoçarmos em minha casa no Granho-Santarém.
Apesar dos avanços em diversas áreas de atuação há quem  desconheça a importância do profissional Nutricionista na alimentação escolar, os diversos trabalhos desenvolvidos e os progressos conseguidos por esse profissional nesse campo da Nutrição/Alimentação.
Segue, abaixo trecho do relatório das Referências Nutricionais para o PNAE.
"O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi criado, oficialmente, em1955 e é o mais antigo programa social do governo federal na área de alimentação e nutrição. Entretanto, desde os anos 30, as escolas já se organizavam por meio de iniciativas particulares de cada unidade, denominadas Caixas Escolares, que forneciam alimentação a todos os alunos, ou apenas aos carentes, a critério de cada escola. A proposta das Caixas era, eminentemente, de cunho assistencialista, e a partir dessa época um número relativamente expressivo de Caixas Escolares desenvolveu serviços de fornecimento de merendas e sopas escolares (CARVALHO, 2004; COIMBRA, 1982).
Desse período em diante o Programa passou por várias mudanças e somente a partir de 1970, os gêneros alimentícios passaram a ser adquiridos no mercado nacional, dando início efetivamente à introdução de novos alimentos, inclusive os formulados, considerados alimentos de baixo valor nutritivo. O valor nutricional mínimo que o Programa buscava para a merenda escolar se apoiava no texto do Programa Nacional de Alimentação e Nutrição (PRONAN-I) por definir a merenda escolar brasileira como “uma suplementação alimentar capaz de atender pelo menos 15% das necessidades individuais diárias quanto aos principais nutrientes” (COIMBRA, 1982)..."  Lei o texto completo em Referências Nutricionais para o  programa Nacional de Alimentação Escolar

*FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação,  FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, PNAE - Programa Nacional de Alimentação Escolar.


Fontes: Para saber mais acesse:
PNAE pdf
FNDE-Alimentação e Nutrição
CFN