Avançar para o conteúdo principal

Doenças Hereditárias do Metabolismo das Proteínas - Dieta Hipoproteica

Doenças Hereditárias do Metabolismo
Os portadores de doenças hereditárias do metabolismo (origem genética) são obrigados a manter, ao longo da vida, uma dieta rigorosa pobre em proteínas e restrita em certos aminoácidos (de acordo com cada doença). Esta dieta, constitui o único tratamento e tem como finalidade, compensar a inexistente ou deficiente metabolização de um determinado aminoácido cujo excesso no sangue (ou dos seus compostos tóxicos), afecta vários órgãos, entre os quais, o sistema nervoso central, conduzindo a deficiência mental profunda.
Truques e Dicas (publicação da  APOFEN - Associação Portuguesa de Fenilcetonúria e outras Doenças Metabólicas)
Com todos os conselhos práticos, truques e dicas descritos nesta obra, aprende-se a tornar a alimentação do portador de doença hereditária do metabolismo proteico o mais agradável e saborosa possível e que a sua dieta não deve interferir com a programação das suas férias, da festa de aniversário ou de outras actividades como a simples ida a um restaurante.
Tabelas de Alimentos
As tabelas de alimentos e de equivalentes permitem facilitar o manuseamento da dieta pelos doentes, pais, familiares e restante comunidade e ajudam a acabar com a monotonia da dieta.
As tabelas de  equivalentes mostram os alimentos no seu estado natural e com baixo teor proteico que os doentes poderão ingerir, tendo as quantidades de ser bem doseadas para não exceder as quantidades toleradas por cada doente, utilizando-se para o efeito uma balança digital.

Comentários