Avançar para o conteúdo principal

A Nossa Maravilhosa Abóbora!

É uma hortaliça da família das cucurbitáceas, originária da América Central. Sua coloração atrativa é conferida pelos carotenóides, substância que, no organismo, é transformada em vitamina A, que combate os radicais livres, moléculas que alteram o código genético das células, causando o câncer.
A abóbora tem formato e tamanho diferentes conforme a variedade, mas sua forma mais comum é a redonda, um pouco achatada nas partes superior e inferior. Em geral, tem a pele lisa e a aparência de gomos. Dela aproveita-se tudo: casca, sementes e polpa.
Originária da Guiné é chamada por diferentes nomes, como jerimum e  moranga. Cultivada em vários  países, é um alimento muito especial, pois dela quase tudo se aproveita. Por isso, apesar de, geralmente, termos o costume de aproveitar o miolo - em pratos como saladas, sopas, purês, nhoques - é bom saber que até suas sementes, quando tostadas e temperadas, podem ser servidas como aperitivo. Já as pontas de suas folhas dão um toque especial às sopas e fazem boa parceria com a farinha de milho. Suas flores harmonizam-se com omeletes e ficam uma delícia quando preparadas à milanesa. Com o seu miolo são feitos deliciosas saladas, cozidos, refogados, sopas, purês, nhoques, pães, bolos e doces secos ou cremosos e servem para rechear massas, pastéis e rocamboles.
Curiosidade
Prepare um tira-gosto delicioso com as sementes da abóbora. Lave bem as sementes e salgue-as. deixe secar por 24 horas e leve ao forno para tostar. Muito digestiva, a abóbora possui propriedades laxantes e adstringentes. Cozinhe a abóbora em pedaços grandes com casca e depois aproveite a casca cozida fazendo farofa ou misturando-a no arroz ou carne moída. Temperos que combinam com abóbora: sal, cebola, alho, açúcar, pimenta, noz moscada, canela, gengibre.
Valor Calórico
100 gramas de abóbora cozida fornecem 40 calorias.
Como Comprar
Não compre abóbora com casca amolecida, suja ou manchada, ou que apresente polpa amolecida, mofada ou com manchas.
Os frutos devem apresentar-se com a casca sem brilho. Casca com brilho indica que estes foram colhidos muito novos, não amadureceram totalmente e são de menor qualidade quando comparados aos frutos totalmente maduros. Prefira frutos sem machucados e ferimentos e sem sinais de mofo.
Como Armazenar
Dura cerca de 3 meses em local fresco e seco, se inteira. Caso a abóbora esteja cortada, convém guardá-la na gaveta inferior da geladeira, dentro de sacos plásticos, por até uma semana.
Como Preparar
Deve ser consumida cozida, em salada, refogada, em ensopados, sopas, compondo com outros legumes e purês. Dela também se faz doces diversos, sucos, pães, bolos, pudins. Pickles de abóbora fica muito bom.
Propriedades e Indicações
Entre as propriedades da abóbora estão ser Adstringente, laxante, diurética, alcalinizante. Indicações: A decocção da polpa é indicada nos casos de diarréia e gases; o sumo da polpa para prisão de ventre. O cataplasma das folhas é indicado em casos de queimaduras, inflamações e dores de ouvido. É um excelente vermífugo, principalmente para crianças. É tônico para o cérebro, fígado, rins e intestinos.
A abóbora possui grandes quantidades de vitaminas antioxidantes (vitamina C, E e betacaroteno (provitamina A). Possui também boas quantidades de vitaminas do complexo B (B1, B2 e B5, fibras e os minerais cálcio, fósforo, ferro e potássio.Devido ao seu grande conteúdo de betacaroteno (provitamina A), seu consumo ajuda a diminuir o risco de câncer, doenças do coração, derrame e cataratas Suas sementes, para os índios Cherookee, podem curar cólicas, diminuir pedras nos rins e acalmar febres desde que servidas em chás.
Na Índia, a polpa da abóbora colocada diretamente sobre a testa alivia dores de cabeça e, nas Filipinas, o caldo do pé de abóbora é recomendado na cura de dores de ouvido. O sumo retirado das flores é digestivo: as sementes são vermífugas, mas com efeito lento, e quando trituradas fornecem um sumo refrigerante, próprio para os períodos de febre e nas inflamações das vias urinárias como cistite e hipertrofia prostática.
Redução de valores elevados de uréia, colesterol, glicemia, lipídeos e triglicerídeos 
Semanalmente, por 4 semanas, faça o seguinte tratamento com a abóbora. Não deve ser a abóbora moranga e sim a abóbora grande, que costuma ser usada para fazer doce. Diariamente, tire 100 gramas da abóbora sem a casca, coloque os pedaços no liquidificador, junto com água (SÓ ÁGUA!), e bata bem, fazendo uma vitamina de abóbora com água. Tome essa vitamina em jejum, quinze a vinte minutos antes do desjejum (café da manhã). Faça isso durante um mês, toda vez que o seu sangue precisar ser corrigido. Poderá controlar o resultado, fazendo uma análise antes e outra depois do tratamento com a abóbora. De acordo com especialistas, não há qualquer contra-indicação, por tratar-se apenas de um vegetal natural e água (não se usa açucar!).
Detalhe importante: nem a abóbora, nem a água poderão ir para o frigorífico, porque a refrigeração destrói os ingredientes ativos da vitamina.
Fonte:Saúde completa
SaúdecomCiência
Obs.: Informações e orientações gerais. Para um plano alimentar personalizado procure um especialista em Nutrição.