Avançar para o conteúdo principal

"EMOÇÕES E SISTEMA IMUNOLÓGICO"


"Emoções e Sistema Imunológico: Um olhar sobre a psiconeuroimunologia" 
O presente artigo cientifico relata como os acontecimentos de vida ou as emoções afetam a saúde e, consequentemente, a função imunológica. Segue resumo: 
"A concepção do sistema imunológico como sistema autónomo de funcionamento exclusivamente químico deu lugar, especialmente a partir dos anos oitenta, a uma concepção integrada em que se reconhece que o sistema imunológico está integrado com outros sistemas sendo sensível à regulação do sistema nervoso (Ader, 1983; Rabin, Cohen, Ganguli, Lysle & Cunnick, 1989; Cohen & Herbert, 1996). Reconhece-se assim o papel que as diferentes áreas do funcionamento humano, nomeadamente cognitivo e emocional, pode ter sobre a sua eficiência. Deste modo nasceu uma disciplina designada por Psiconeuroimunologia dedicada a estudar as relações entre os stressores psicossociais, as emoções e os sistemas neuroimunológicos que organizam a resposta adaptativa ao stress.
A hipótese base deste modelo é que os stressores psicossociais diminuem a eficiência do sistema imunológico o que leva ao aumento de sintomas médicos. Neste trabalho abordamos esta temática, descrevendo a investigação actual sobre as condições psicossociais e emocionais que parecem afectar a imunocompetência." 
Palavras chave: psiconeuroimunologia, emoção, stress, saúde
Key words: Psychoneuroimmunology, emotion, stress, health 
Fonte: Ângela da Costa Maia
Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho, Portugal 
uminho.pt