Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

Obesidade já mata mais que fome

As mortes relacionadas com a subnutrição caíram em todo o mundo de 3,4 milhões, em 1990, para 1,4 milhões em 2010, ao passo que a obesidade subiu de décimo para o sexto posto na lista das causas que nos fazer perder mais anos de vida. Neste ranking, a fome desceu para o oitavo lugar.Ou seja, a obesidade já mata mais que a subnutrição e fome. 
Os dados são do Global Burden of Disease, um trabalho da Organização Mundial de Saúde produzido por 500 cientistas de 300 instituições e que analisou 187 países ao longo das últimas quatro décadas. Este é também o maior estudo já realizado sobre a saúde da humanidade.
O relatório traz duas grandes conclusões. A primeira – e boa – é que a expectativa de vida aumentou em praticamente todo o mundo, sendo que as mortes relacionadas com a subnutrição caíram de 3,4 milhões para 1,4 milhões.
Em 1990, a subnutrição era a doença que mais anos de vida saudável tirava de todas da humanidade. Agora, ela é o oitava na lista. 
Infelizmente, a obesidade aumentou dr…

Equilíbrio alimentar

Nem tanto, nem tão pouco. O melhor caminho é do equilíbrio alimentar!

Produtos para Perda de Peso x Consulta de Nutrição Gratuita

Começo esta matéria com uma pergunta. O que é mais importante em uma dieta, o produto para perda de peso ou a boa nutrição do seu corpo?

Faço essa pergunta mediante a observação de diversas propagandas de produtos para emagrecimento onde se ler, "Faça a Dieta 10, 20, 30, 50 ou 100... você vai perder os quilos indesejáveis e terá o corpo que sempre sonhou. Consulta de nutrição grátis". 

Confesso que ao vê esses anúncios fico meio passada com a importância que dão a nutrição, enquanto ciência que colabora para a saúde e bem estar dos indivíduos, fonte de conhecimentos para a perda de peso de forma equilibrada e saudável e a falta de valorização do profissional nutricionista/dietista. 
Acredito que tem estado a acontecer uma inversão de valores nesse sentido, pois o produto nunca, mas nunca deveria ou deve ser alvo principal ou de primeira referência, mas sim a consulta de nutrição, onde os produtos podem ou não serem indicados as pessoas.

Porém, como forma de atração apelativa q…