Avançar para o conteúdo principal

Produtos para Perda de Peso x Consulta de Nutrição Gratuita

Começo esta matéria com uma pergunta. O que é mais importante em uma dieta, o produto para perda de peso ou a boa nutrição do seu corpo?

Faço essa pergunta mediante a observação de diversas propagandas de produtos para emagrecimento onde se ler, "Faça a Dieta 10, 20, 30, 50 ou 100... você vai perder os quilos indesejáveis e terá o corpo que sempre sonhou. Consulta de nutrição grátis". 

Confesso que ao vê esses anúncios fico meio passada com a importância que dão a nutrição, enquanto ciência que colabora para a saúde e bem estar dos indivíduos, fonte de conhecimentos para a perda de peso de forma equilibrada e saudável e a falta de valorização do profissional nutricionista/dietista. 
Acredito que tem estado a acontecer uma inversão de valores nesse sentido, pois o produto nunca, mas nunca deveria ou deve ser alvo principal ou de primeira referência, mas sim a consulta de nutrição, onde os produtos podem ou não serem indicados as pessoas.

Porém, como forma de atração apelativa quase todos eles, quiçá todos, oferecem consultas de nutrição gratuitas, o que me faz pensar na discrepância dos valores referentes ao bem estar e a saúde dos indivíduos e da coletividade.

Um produto para perda de peso não pode ser mais importante do que a conduta nutricional orientada pelo nutricionista/dietista, profissionais com a capacidade técnica para avaliar, orientar e recomendar dietas, planos alimentares ou produtos para emagrecimento de ordem, digamos, naturais. 

Os produtos para perda de peso existem para que os profissionais façam uso deles dentro dos critérios da boa nutrição/saúde e não ao contrário, os profissionais de nutrição existirem para que os produtos (indústria farmacêutica) façam uso deles como melhor convém, de forma a tornar atrativos e mais lucrativos os seus negócios. 

A indústria do emagrecimento, do perca peso em curto espaço de tempo com a maior facilidade tem se tornado uma das mais lucrativas do mundo! A cada dia surge um novo produto que oferece respostas milagrosas as pessoas que querem reduzir as medidas e junto a eles novos apelos onde o nutricionista/dietista são peças de apoio para o aumento das vendas, com as referidas consultas de nutrição gratuita para a população. 

Como nutricionista não acredito nesse tipo de gratuidade oferecida. Confio sim, na consulta de nutrição onde o profissional é livre de escolher o que melhor convém ao seu paciente/utente e trabalha em parceria com ele para melhorar hábitos alimentares errados através da reeducação alimentar, do estímulo continuado para obtenção dos resultados desejados. E ai sim, se couber um produto natural ou fitoterápico para dinamizar a perda de peso, este pode ser indicado, mas nunca antes de se avaliar a necessidade para tal.

O produto para perda de peso, suplemento ou fitoterápico jamais deve ou deveria ser alvo principal de uma consulta de nutrição.
Sugiro que as propagandas sejam feitas de acordo a focalizar a consulta de nutrição com parte principal do tratamento e não o oposto. Mas... vivemos em uma sociedade capitalista, onde o que está em jogo são as vendas para obtenção dos lucros, infelizmente! 
Silvelita Metelo
Nutricionista