Avançar para o conteúdo principal

Abóbora Chila (Gila) e suas propriedades

Abóbora gila (Cucurbita ficifolia) é uma planta anual de porte rasteiro, de caules longos e cilíndricos cobertos de pêlos. Folhas grandes, também cobertas de pêlos, de limbo anguloso e pecíolo longo. As flores são amarelas e longas. O fruto é verrugoso, grande e pesado, atingindo entre 25 a 40 cm. de diâmetro e com um peso que pode atingir os 5 kg. Condições recomendadas para o cultivo:
Usos:  As folhas jovens e os brotos de C. ficifolia podem ser usados na alimentação, preparados como hortaliças. As flores masculinas e os botões florais, ricos em carotenos, são usados em sopas e saladas. No México, o fruto maduro é usado no preparo de um doce conhecido como cabello de angel (NUEZ et al., 2000). Em Portugal, doces de gila fazem parte da tradição gastronômica do país. . Na Região Sul do Brasil, a polpa cozida é utilizada no preparo de doces e sobremesas, como o tradicional doce de gila, que tem consistência semelhante ao doce de fios de ovos, mas com coloração branca e sabor característico (BARBIERI et al., 2006). A polpa também pode ser utilizada em outras sobremesas em substituição ao coco ralado como, por exemplo, panelinhas de coco, quindins e cocadas.
Valor nutritivo: Alto conteúdo em vitamina C, betacarotenos, que o organismo transforma em vitamina A, actuando como bom antioxidante. A todas estas propriedades nutritivas é necessário acrescentar o seu alto conteúdo em fibras, proporcionando um leve efeito laxante. Elevado conteúdo em água e em potássio e, devido ao seu baixo conteúdo em sódio, o seu consumo é recomendável no caso de retenção de líquidos, transtornos renais, cardiovasculares ou hipertensão arterial.
Leia mais