Avançar para o conteúdo principal

Superalimentos, mas Serão Mesmo super?

O termo "superalimentos", "supernutrientes", tornou-se muito popular, atualmente, mas afinal o que são mesmo esses tão famosos superalimentos, e será que eles são mesmo super?
O termo superalimentos foi criado pelo Dr. Steven Pratt em 1994 e introduzido no nosso cotidiano em 2004, quando lançou o livro " SuperFoodsRx: Fourteen Foods That Will Change Your Life" ("Receita de superalimentos: Catorze alimentos que Vão Mudar sua Vida").
Segundo o Dr. Steven esses catorze alimentos que podem mudar a nossa vida devem ter três qualidades: 
Precisam ser fáceis de encontrar;
Devem conter nutrientes que ajudem a manter a longevidade e Benefícios comprovados através de estudos científicos
Mas, afinal quais são os superalimentos listados pelo Dr. Steven Pratt? Maçã, Abacate, Feijões, Mirtilos, Canela, Chocolate ,amargo, Frutas secas,Azeite,  Alho, Mel, Kiwi, Iogurte, Aveia, Laranja, Romã, Abóbora, Soja, Tomates, Carne de Peru, Nozes, Goji Berry, Salmão, Brócolos, Espinafre,Chá verde.
"Esses alimentos foram escolhidos porque eles contêm altas concentrações de nutrientes essenciais, bem como o fato de que muitos deles são baixos em calorias". "Os alimentos que contém esses nutrientes têm sido comprovada para ajudar a prevenir e, em alguns casos, reverter os efeitos conhecidos do envelhecimento, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes tipo II, hipertensão e certos tipos de cancro."CNN
De acordo com Pratt os superalimentos "é uma dieta não dieta", uma alimentação para a vida toda que leva as pessoas a perderem peso sem, no entanto, estarem a tentar perder peso.

Realmente, concordo que os superalimentos são saudáveis, mas comer só eles não fará você perder peso. Uma alimentação que inclua uma grande variedade de alimentos nutritivos, nomeadamente, frutas e hortícolas,( e outros tantos alimentos que considero super e que não constam dessa lista, como o gengibre, a sardinha, o limão, couve, a amora, sementes de girassol, de linhaça, spirulina, etc.) continua a ser a melhor forma de assegurar uma ingestão nutricional adequada e equilibrada para uma ótima saúde.
Fontes: Eufic
CNN